O amor supera o ódio - atravessando a crise da pandemia


"O amor supera o ódio. É com amor e com brandura que você pode estender a mão a quem está ao seu lado. Ajudá-lo com olhar de carinho. Ajudá-lo porque, sim, existe uma forma de vida mais leve. Porque, sim, às vezes o sorriso vem acompanhado de lágrimas. Há mais luz, mais amor e compreensão do que sombra. Atitudes de carinho,pensamentos de carinho. Ofereça carinho e compreensão. Escute, escute, escute. Não julgue, não julgue, não julgue. Quem não cuidar da própria saúde, quem não se alimentar bem, quem tiver uma atitude de descaso consigo mesmo não vai desequilibrar a maioria, mas vai, sim, trazer tristeza para a maioria. A tristeza dificulta a imunidade. A vida já não é mais a mesma, mas a vida sempre pode ser reinventada. A cada momento é possível fazer uma refeição de forma diferente. Olhar com disposição, colocando-se aberto para receber a realidade dessa situação que já não é aquela que a gente conhecia. A realidade está sempre mudando. Existe brilho, existe alegria e existe o amor em tudo ao nosso redor. Abra seu coração para escutar, para receber esse brilho e esse amor. De outra forma fica difícil ter esperança. Embora haja perdas, ainda que haja perdas, existe esperança. Porque só há vida naquilo e naqueles que se renovam."


11 visualizações

Fotos das obras Gustavo Rigon©

 

© GioVazatta website foi criado com ajuda de Wix.com.